MENU

8 livros para conhecer mais sobre D. Pedro I e a Independência do Brasil

postado em

Há quase 200 anos, com o Grito do Ipiranga dado por D. Pedro, o Brasil deixava de ser uma colônia e se tornava a primeira e única monarquia constitucional da América Latina. A proclamação da independência foi apenas uma parte da história.  Uma série de tramas e intrigas construíram a independência brasileira e perduraram pelos próximos anos do Império. Para comemorar o 7 de setembro, a editora LeYa preparou uma lista com alguns livros que nos ajudam a entender melhor sobre esse processo, a vida no Brasil Império e sobre um de seus protagonistas: D. Pedro I.

 

  1. D. Pedro

    Muito se fala do grito às margens do Ipiranga, a fama de mulherengo e do jeito impaciente que fez D.Pedro ser conhecido como um monarca difícil e de pouco tato político. Mas quase duzentos anos depois de sua morte, pouco ainda se sabe do homem de personalidade complexa que se dispunha a morrer por uma causa; do pai que queria para os filhos a educação que reconhecia falhar em si próprio; do governante que foi protagonista na transição do absolutismo ao liberalismo e ao regime constitucional no Brasil. Foi para preencher as inúmeras lacunas sobre nosso primeiro imperador que este livro foi escrito. Enfim, temos a verdadeira face de d. Pedro, no primeiro volume da coleção “A História Não Contada”
  2. Leopoldina

    Conhecida no imaginário brasileiro como a parte mais frágil do mais célebre triângulo amoroso da história do Brasil, Maria Leopoldina sofreu diante do escândalo que foi o relacionamento do marido com Domitila de Castro, a futura marquesa de Santos. Mas sua trajetória revela muito mais do que a mulher traída à luz do dia. Nascida na Áustria, culta e refinada, ela deixou a Europa em 1817 para uma aventura transatlântica e se tornou uma estrategista política fundamental no processo de Independência. A biografia de Leopoldina, no entanto, ainda parece distante da maioria do povo brasileiro. Sua figura complexa e carismática, sua vida intensa e breve, sua combinação de temores e coragem, força e fragilidade, são nuances reveladas e descritas pelo escritor e pesquisador Paulo Rezzutti nesta história não contada. O livro inclui um caderno de imagens inéditas e parte de documentos originais para relatar as reflexões, crenças e angústias da primeira imperatriz do Brasil
  3. Histórias da gente brasileira vol. 2

    Mary del Priore, aborda neste livro um dos momentos mais interessantes de nossa trajetória, a partir de um ângulo que vai além do convencional ao focar nos detalhes da vida cotidiana. Hábitos, costumes, modos de vestir, de falar, moradias, divertimentos, o papel da mulher… Nada passa despercebido pelo olhar sensível e acurado da autora. O livro traz reflexões sobre a formação das grandes cidades – ajudando a explicar as diferenças regionais que até hoje marcam o país, e contando em minúcias como se deram as diversas revoltas que explodiram neste período. Portanto, que tal olhar pelo buraco da fechadura e descobrir o que há por trás das cortinas do Brasil Império?
  4. 1824

    “1824” narra a chegada dos imigrantes de língua alemã ao Brasil e a formação das primeiras colônias no século XIX. O livro mostra como os alemães participaram da instalação das nossas primeiras colônias agrícolas, do surgimento da igreja protestante brasileira e até mesmo de um plano para assassinar d. Pedro I. Por meio de documentos e diários de viagem, Trespach insere uma vasta pesquisa histórica numa envolvente narrativa que conta uma história fascinante e pouco conhecida sobre a formação do Brasil.
  5. Titília e o Demonão

    Tendo como cenário um Rio de Janeiro de arquitetura ainda colonial, a obra humaniza dois personagens do imaginário nacional por meio de uma correspondência íntima e bem-humorada: o jovial e apaixonado monarca e sua sedutora e astuta amante. Em vez de apresentar uma edição organizada por temas, o autor preferiu criar o que chama de “linha sentimental” para a narrativa, que, embora se aproxime ao máximo possível da cronológica, torna a leitura ainda mais fluida e saborosa, deixando o romance em primeiro plano. Mas, entre trechos libidinosos e crises de ciúmes, há espaço para passagens hilárias que poderiam ser escritas por qualquer homem comum – particularmente quando d. Pedro reclama de dores, tem constantes preocupações com a saúde e chama os médicos de ladrões, entre outras peripécias que mais se assemelham às de um burguês do seu tempo que a de um imperador.
  6. Brasil – Uma História

    A história do Brasil como você nunca viu antes! Há mais de cinco séculos diz-se que o Brasil é o país do futuro. O problema, é que nunca chegamos lá. Procurando sanar esse problema, Eduardo Bueno tira a História da prisão das salas de aula e a leva para as ruas. Transforma-a em conversa de mesa de bar, a leva para favelas, esquinas, ruas, shoppings, estádios de futebol.
  7. História do Brasil pelas ruas de Paris

    De D. Pedro I a Oscar Niemeyer, passando por D. Pedro II, Santos Dumont, os positivistas, Villa-Lobos e Lúcio Costa, este livro narra as histórias vividas por grandes personagens brasileiros num dos cenários mais icônicos da vida moderna: as ruas de Paris. Refazendo a trajetória desses personagens, o livro apresenta os fatos que os levaram à capital francesa, o que realizaram na cidade, com quem se relacionaram e que impacto tiveram sobre seus pares e a sociedade francesa da época.
  8. O livro obscuro do Descobrimento do Brasil

    Prepare-se para embarcar numa viagem surpreendente. A rota inclui mudanças vertiginosas que influenciaram a humanidade para sempre, além de fatos, tramas e personagens sombrios que protagonizaram histórias ignoradas pelos relatos oficiais. Destino final? O Brasil, claro, um país que nasce no meio do caminho de uma avalanche que varreu o mundo entre meados do século XV e início do século XVI. É nessa jornada que o leitor embarca n’O livro obscuro do descobrimento do Brasil, do historiador e professor Marcos Costa, o mesmo autor de A História do Brasil para quem tem pressa. O caminho está repleto de magia e ciência, enigmas e conspirações, mistério e religião, intrigas e lutas pelo poder – e tudo isso fez parte do projeto de conquista do Brasil.

Todos os livros da lista estão na Casa dos Mundos. Visite www.casadosmundos.com.br e garanta o seu exemplar!